Como riar Galinha Caipira Embrapa 051? 12 Dicas para criação fácil.


avicultura é uma atividade que se expandiu e tem a criação de galinhas caipiras como um dos pontos altos. Essa criação é uma atividade fácil, mas, com algumas dicas, é possível otimizá-la e ainda melhorar o desempenho das aves criadas. Confira a seguir:

1- Alimentação da galinha caipira

A alimentação é variável de acordo com o objetivo da criação. Se for com objetivo comercial, é necessário fornecer uma alimentação balanceada, que favoreça a produção de ovos ou carne.

2- Fabricação de rações

É possível fabricar a própria ração, mas será preciso ter as máquinas que trituram e misturam os componentes, além da presença de um técnico especializado.

3- Ração ideal para a fase inicial

Na fase inicial, as aves precisarão de alimentos energéticos, para acelerar o seu crescimento. Em estabelecimentos comerciais, há rações formuladas especialmente para essa fase e que são de qualidade. Caso deseje produzir, siga o descrito do item acima.

4- Modelo estrutural para a criação

A estrutura básica para criar galinhas caipiras conta com um galpão, onde as aves possam se refugiar e um sistema de piquetes para pastagens.

5- Frequência da alimentação

O alimento deve ser fornecido duas vezes ao dia, pela manhã e à tarde. Mas, fique atento para não oferecer alimento após às 17h, pois poderá haver restos e, assim, atrair insetos nocivos.

6- Fornecimento de água

A água deve ser fornecida à vontade, em bebedouros limpos.

7- Choco

Em criações comerciais ou até mesmo em criações domésticas, é possível eliminar o choco das aves.

8- Pintinhos e a galinha

Para garantir a produtividade das galinhas, é recomendado separar os pintinhos dela logo após o nascimento, mantendo-os em um local aquecido, com água e comida. Após a separação, a galinha voltará a botar ovos em, aproximadamente, 10 dias.

9- Altura dos poleiros

O ideal está entre 40 e 50cm de altura, não sendo recomendado posicioná-los muito altos, para evitar quedas.

10- Nutrição

As galinhas caipiras se alimentam de alguns insetos, restos de culturas, grãos e pequenos répteis. Uma ração balanceada pode ser fornecida para garantir alguns nutrientes, haja vista que boa parte é obtida a pasto.

11- Presença de galos

Não se faz necessária, nem para a produção de ovos. As galinhas conseguem produzir ovos normalmente, sem que haja fecundação.

12- Diferença entre galinhas caipiras e galinhas de granja

A principal diferença está na produtividade e na alimentação. Galinhas caipiras põem menos ovos e conseguem metade de sua alimentação a pasto, ao passo que as galinhas de granja têm alimentação balanceada e botam mais ovos.

Fonte: Fonte: sebrae.com.br
por Renato Rodrigues